Projeto Análise

Desde 2002, a fotografia do que importa à psicanálise hoje.

Módulos, escritos, pesquisas.

  • 02/11/2016
    E se formos além?
    No curso A Clínica Psicanalítica de TerraDois – o sinthoma, de Jorge Forbes, no IPLA, trabalhamos as consequências do pós-humanismo na subjetividade humana e a posição da psicanálise. Como uma jornalista lacaniana lê isso? Por Gisele Vitória.
  • 04/03/2016
    Recado de Laurent Alexandre aos políticos do futuro
    A polêmica sobre a “morte da morte” continua, pois o transumanismo chegou para ficar. Como lidar com essas mudanças? Os psicanalistas terão muito o que fazer. E os políticos? Por Dorothee Rüdiger.
  • 04/03/2016
    Transumanismo, transgressão em grande velocidade ...
    Em Nota Prévia ao texto de Alain Mouzat sobre a velocidade da biotransgressão, Jorge Forbes releva os efeitos clínicos do confronto da psicanálise com a revolução NBIC: Nanotecnologia, Biotecnologia, Informática, Cognitividade, chamado por alguns de transumanismo.
  • 08/04/2014
    Bisturis para uma clínica do Real, a do Século XXI
    Elza Macedo, pesquisadora do Projeto Análise – dirigido por Jorge Forbes, escreveu o texto “Bisturis para uma clínica do Real, a do Século XXI” para a seção PEDAÇOS DE REAL do site do IX Congresso da AMP - Paris, 14 a 18 de abril - com o tema: Um Real para o Século XXI.
  • 06/12/2013
    O pulo do Jabuti
    Na 55ª edição do Prêmio Jabuti, o psicanalista Jorge Forbes é premiado por “Inconsciente e Responsabilidade – Psicanálise do Século XXI" (Ed. Manole). Relato por Claudia Riolfi
  • 27/06/2013
    Aforismos de Jorge Forbes sobre o amor
    Teresa Genesini faz um recorte de intervenções e frases aforismáticas sobre o amor, elaboradas por Jorge Forbes, em recentes participações, na TV Carta Capital – sobre o amor nos tempos digitais – ,e na TV Brasil – sobre os amores improváveis.
  • 19/05/2013
    Transformando o diagnóstico
    A mais influente instituição de pesquisa em saúde mental do mundo, National Institute of Mental Health (NIMH) - EUA, decidiu reorientar seus investimentos em estudos sem levar o novo DSM como marco. Ariel Bogochvol comenta essa ruptura.
  • 17/04/2013
    Psicanálise e autismo
    A polarização do debate sobre o autismo e a psicanálise, alimentada pela produção de um filme antipsicanalítico na França, ecoou no Brasil. O texto publicado Folha de S. Paulo, por L. F. Vianna nos interpela e relança a questão: o que a psicanálise tem a dizer? Alain Mouzat responde.
  • 06/02/2013
    A praga da autoestima e a psicanálise em bom português
    O lacanês seria derivado do narcisismo dos “autores”, com pena de si mesmos. Para deixar de escrever em lacanês, é fundamental deixar de ter pena de si mesmo e não se furtar a jogar fora, quantas vezes for preciso, a própria produção, escreve Lisiane Fachinetto.
  • 14/11/2012
    Por que sou uma mulher?
    Conversando com o seminário XIX de Jacques Lacan, “... ou pior”, no capítulo 1 – A pequena diferença – Dorothee Rüdiger, pesquisadora do Projeto Análise dirigido por Jorge Forbes, responde à provocante pergunta: - Por que sou uma mulher?
  • 23/08/2012
    Uma história paradoxal
    No livro Um Antropólogo em Marte, o Dr. Oliver Sacks relata o caso de Temple Grandin, uma autista singular. Leia texto de Teresa Genesini sobre o livro que apresenta essa mulher que, na infância, não tinha perspectiva de um desenvolvimento normal, mas conseguiu se tornar PhD em biologia.
  • 23/08/2012
    Velhice, pra que te quero? - Impressões de Daniela Gatto Rossi
    Daniela Gatto, pesquisadora do Projeto Análise, escreveu suas impressões sobre a conferência de Jorge Forbes no Café Filosófico “Velhice pra que te quero?”, em que recupera as palavras do autor: “Todo velho se pergunta o que fazer com suas rugas, com seu corpo estranho. A criança também se pergunta isto. O jovem também. Nosso corpo é estranhíssimo para nós desde que nascemos”. Leia o texto na íntegra.
  • 02/08/2012
    Nenhuma CPI fará aparecer a verdade nua e crua
    O que há de semelhante entre a mulher e a CPI? Ao contrário das CPIs que parecem mais próprias para tentar cerzir o rasgo que ameaça expor o Rei nu, a mulher, graças a sua convivência com a mascarada, tem uma grande familiaridade com um tipo de verdade, e sabe apontar o obsceno atrás da cena. Leia o texto integral de Alain Mouzat, pesquisador do Projeto Análise.
  • 22/05/2012
    Como filosofar com o martelo
    Dorothee Rüdiger – pesquisadora do Projeto Análise – nos convida a uma viagem à Alemanha em companhia de um homem nada comum, um “espírito livre”, como ele mesmo se auto-designava: Friedrich Nietzsche. A proposta desse texto é descobrir o que afinal Nietzsche quer desconstruir com sua filosofia do martelo. Embarque nessa viagem! (com cuidado).
  • 22/05/2012
    Uma lição de vida - quando a poesia explica
    Claudia Riolfi, pesquisadora do Projeto Análise – coordenado por Jorge Forbes – fez uma resenha de uma das reuniões de estudo, na qual comenta como um poema de Carlos José de Figueiredo abriu-lhe a compreensão de um estranho título de Luc Ferry.
  • 12/02/2012
    Trechos escolhidos por Teresa Genesini, do capítulo introdutório
    Já na Introdução do livro INCONSCIENTE E RESPONSABILIDADE – Psicanálise do Século XXI, em suas Provocações Psicanalíticas, Jorge Forbes nos questiona e nos leva a refletir sobre o que mudou desde o início, com Freud e depois com Lacan. Confira alguns trechos, da introdução, escolhidos por Teresa Genesini.
  • 18/01/2012
    Famílias, amo vocês: política e vida privada na era da globalização - de Luc Ferry
    Ariel Bogochvol analisa e comenta o livro de Luc Ferry: Famílias, amo vocês: política e vida privada na era da globalização.
  • 13/11/2010
    Comentário do texto “A psiquiatria inglesa e a guerra”, de Jacques Lacan
    Maria Helena Barbosa, pesquisadora do Projeto Análise, comenta nesse texto o artigo de Lacan publicado em 1947, sobre sua visita à Inglaterra após a vitória das forças aliadas na Segunda Guerra Mundial. Lacan mostra como intervenções precisas da clínica psicanalítica podem ser transpostas para a escala coletiva.
  • 29/09/2010
    O que os psicanalistas pensam do fim de uma análise hoje?
    Leia a opinião de Claudia Riolfi, pesquisadora do Projeto Análise, sobre o SAMPARIOCA II – o segundo encontro clínico de psicanalistas do Rio e de São Paulo em torno ao ensino de Jacques Lacan. O tema debatido: Os finais de análise e suas provas, sob a coordenação de Tania Coelho (RJ) e Jorge Forbes (SP).
  • 29/09/2010
    Sobre a arte de comover: o passe como processo
    Dorothée Rüdiger, pesquisadora do Projeto Análise, apresentou esse trabalho no SAMPARIOCA II, em que, partindo de um comentário a respeito da assembléia dos aristocratas de Ítaca - narrada por Homero, na Odisséia - mostrou que os elementos comuns nos processos estão presentes no passe.
Exibindo 1 - 20 de 56
123 Próximo >